Sobre Thiago Soarez

O antes do registro

Olá, me chamo Thiago Soarez

Bem, acredito que essa não é uma tarefa fácil. Primeiro porque falar de si é desconfortável e extremamente preocupante, pois temos duas vertentes, e "dois lados da moeda". Ora, vaidade nunca combinou comigo e nunca fez parte da minha vida, então, não me preocupo com a auto análise sobre quem eu sou, já o outro lado da moeda, é intrigante porque raras são as pessoas que decidem pela vida, que não tem amor próprio, então, aqui vai. Quero te falar, seja bem vindo a esse universo de sentimentos, emoções, e principalmente de amizade. Você acaba de ganhar um amigo, e daqueles que se preocupa e lembra de te ligar mesmo depois de anos, e esteja certo de que isso é muito importante para mim; pode falar a verdade, quem não gosta de ser lembrado não é mesmo ?

Me chamo Thiago Soarez, sou apaixonado por fotografia, mas antes dela sou apaixonado por verdade, emoção e sentimentos, seja sorrisos, choros, pois a espontaneidade me convence fácil de que ali tem verdade. Nasci em Brasília - DF em Taguatinga Sul, e mesmo não tendo nem se quer morado lá, gosto bastante de fazer umas visitas em minha terra natal, mas confesso que sou extremamente entregue e sou admirador das belezas do meu Tocantins, estado que me acolheu como filho, desde os 4 meses de vida, especialmente logo ali na pacata cidade de Tocantínia - TO. Ali cresci em um lar bastante musical, simples e com a essência do campo. Sou músico profissional, compositor e cantor e foi através da música que enxerguei um universo fotográfico na qual estou aqui submerso há 10 anos.

Estudar fotografia na faculdade foi esplêndido, cursar publicidade e propaganda me fez entender o porque estou aqui hoje. Workshops que participei nesse Brasilzão de meu Deus, estudos e leituras de grandes livros e ícones na fotografia mundial, foram essenciais para diversificar ainda mais meus planos com toda carga cultural fotográfica. certa vez vi uma frase de Steve Mc Curry, um dos maiores fotógrafos da atualidade, que dizia: " Você fotografa com toda cultura de onde viveu ..." todo o íntimo cultural e artístico vem sim do que eu vivi, ouvi e li durante todos esses anos. Foi gratificante, mas nada, nada mesmo se compara com o que vejo como principal, " retratar é um dom divino ", sentir a dor ou a felicidade do próximo é realmente sobrenatural, e fotografar é somente o resultado final disso tudo, honestamente, de fato é fascinante. Sou um fotógrafo bilíngue, com fluência na língua inglesa, fotografei casamentos dos clientes Silvi e Javier, Frankie e Valéria em Buenos Aires, Juliane & Palvorin Afron na Republica dominicana e do casal francês Diuly & Florian Polverau. Viajar e ver o amor tem sido a melhor experiência que eu poderia ter e agora deixo o restante com vocês, venha me conhecer, eu tenho certeza que eu vou amar enxergar o amor em vocês. CARPE DIEM - Aproveite o Dia